quinta-feira, 18 de março de 2010

www.boa.menina.com.br
Não pense que eu sou de pegar papel na rua. Hum-hum. Passo longe, quando insistem digo "brigada" e dou adeus com cara de paisagem. Distribuir folhetos, impressos, panfletos ou o que seja é um trabalho como outro qualquer. Entendo. Chato é quererem enfiar um pedaço de papel na sua mão - ou na sua cara - sem que você esteja minimamente disposto a aceitá-lo. Mas hoje eu peguei, peguei tuuudo que me ofereceram. E como eles viram que eu pegava de um, outros vieram afoitos me entregar também, eu fui rindo e juntando e depois de uns dez metros já estava levando pra casa uma mãozada de propaganda inútil. Propaganda esta que vai para a lata dos recicláveis ter um destino digno, porque feio é jogar papel no chão, ou amassar na frente de quem o entregou.

9 comentários:

Nó! disse...

Eu pego, e jogo na próxima lixeira...
Acho feio amassar na cara, acho triste sacrificar papel... Mas com eles que não vou ficar, né?
Já tenho meus próprios lixos!

=*

Tati Pastorello disse...

O problema é pensar em quantas árvores são sacrificadas para a confecção de tantos papéis inuteis... Mas aí entra a questão mais difícil: Não pegamos papel e salvamos as árvore (eucaliptos plantados para este fim) ou pegamos e salvamos o ganha pão de alguns miseráveis (sub-trabalho, pq nem emprego é...). Isso é que é dilema triste... Não tem NRA?

Alline disse...

Nó:
Eu nem costumo pegar, acho péssimo eles darem aquele puxão no papel e te atacarem com ele. Mas ontem eu tava num bom dia.
Ainda nem joguei na sacolinha do lixo seco... rsrs
Beeeeeijo!

Tati:
Melhor seria arrumarem outra forma de divulgação, porque essa é muito cafona. Ontem, no meu estranho dia de humor, catei o que deu. Vai voltar pro lixo, mas como reciclável (no meu prédio fazemos a separação).
Sim, é um dilema como tantos outros que vivemos. Infelizmente não tem NRA...
Brigada pela visita, viu?
Beijo

Allyne Araújo disse...

certíssimo alline! jogue fora, mas no lugar certo! bjos pra ti!!

Alline disse...

Allyne:
Eu tento fazer minha parte... ;)
Só falta tomar banho menos demorado, usar o papel dos bloquinhos dos dois lados... é bastante coisa... =O
Beeeeeeeeijo!

Luna Sanchez disse...

Rs

Bonitinha, tu. ^^

Eu só pego quando sei que vou enfrentar uma fila (de banco, por exemplo) : gosto de ter algo pra ler, pra evitar as terríveis conversas com pessoas estranhas. ¬¬

Beijo, Alline!

ℓυηα

Alline disse...

Luna:
Eu só peguei dessa vez. La menstruación se fue, ficou o sorriso na cara. (Portunhol sacana que me persegue! rs)
Daí que eu estava num dia bom e vi aquele mundo de gente com panfletos e pensei que nem os anônimos alguma coisa: só por hoje.

Beeeeeeeeeeeeijo!

Mônica Novaes disse...

Concordo plenamente! Na esquina do prédio em que moro tem um "batalhão" de planfeteiros, diariamente, entregando pilhas de papéis no semáforo...ai, se eu fosse pegar todos, tava abrindo uma empresa de reciclagem, rs!!!Estava com saudades de passear por aqui!bjs

Alline disse...

Mônica, eu era bem radical - nunca pegava e ainda ficava reclamando. Mas depois que ouvi dizer que eles ganham por papel entregue fiquei doída. Ficar de pé na rua não é fácil... mas por outro lado é um tipo de propaganda chata, que nem fazem com telemarketing. Quem quer ser perturbado quando não tá a fim?

Olha, eu também tô com saudades do teu blog. Tô esperando post novo, hein. ;)
E o Flickr???

Beijo grande!