quarta-feira, 10 de março de 2010

Carros, carros, carros, carros, carros

Oba! Com IPI reduzido, zero de entrada, trocentos anos pra pagar e "brindes" tentadores, só eu ainda não comprei um carro novo.

Ué, mas cadê estrada livre pra rodar?

Carro vai a 10 km por hora...

e para um pouquinho, descansa um pouquinho.

É espera, fila que não acaba, buzina... carro que é bom não sai do lugar.

8 comentários:

Ritoca disse...

Oi!

Eu tb não troquei de carro, vc não é a única. Não tô podendo fazer dívida nova.
Aqui no Rio tb tá brabo de tanto carro na rua...

Bjs!

Alline disse...

Oi, Ritoca!
E nem tenho um, me expressei mal... só não compraria porque não gosto mesmo de dirigir. Pensei em uma motoquinha, mas teria que ter rodinhas atrás, pra eu não cair... rsrs
É muito carro pra pouca rua. Pelo menos aqui em Floripa.

Beijo pra ti, bom dia.

Nó! disse...

eu gosto do meu carrinho
mas nao gosto de andar com ele onde existem mtos coleguinhas dele
aliás...
adoro morar perto do trabalho... adoro nunca ir ao centro...
odeio os horários de pico
e adoraria se a minha terra fosse abençoada com metrô...
tenho dificuldade com ônibus... é mto calor humano pra minha pessoa... me faz sentir anti-social e as vezes até psicopata

ops... jah estou viajando

Eraldo Paulino disse...

Todo mundo se achando por ter um carro - Transporte público como preferência = Burrice que provoca engarrafamentos.

Bjs!

Lucão disse...

hehe
por onde a Nó passa? é que eu tenho uma preferência por evitar psicopatas. É uma mania que eu tenho
desde criancinha hehe

É, Alline, quando vai mal a condição de um, vai bem a condição do outro e assim vice-versa, de trás pra frente, no vai-e-volta do revestrés.

é por isso que eu voo!
rs

beijos!!

Alline disse...

Nó:
Hoje eu tava pensando que preferia ir trabalhar a pé, porque andar de ônibus é uma loucura. Sim, muito calor humano, muitos perfumes, muitas conversas y otras cositas.
Eu queria mais ruas, mas não tem como.
Eu queria tanta coisa...

Psicopata? Nããão. Um pouco estressada, talvez. Na TPM? Eu tô. Nem devia estar abrindo a boca, pra não soltar besteira. =|

Eraldo:
Comprar não é nada. Missão às vezes impossível é pagar todas as prestações de um carro.
Que tal cada um na sua bike, fazendo exercício pra chegar ao seu destino?
Beeeeeeijo

Lucão:
Por onde a Nó passa? Boa pergunta.

Um homem que voa chega primeiro?

Eu quero é uma máquina de teletransporte. O cúmulo da modernidade, hã? Tô aqui, daqui a alguns segundos tô lá e acolá. Imagina que prático. Será que demoram a inventar uma assim, pra vender no Shoptime em 24x?

E deixa te dizer: teu blog é o do tipo "entre e sinta-se à vontade". Adoro
Beeeeeeeeeeijo

Allyne Araújo disse...

rsrrsrsr, pra que carro, se os gases poluentes que já estam acima de nós nao suportam mais tanta carrada bônus de lembrança para daqui até o fim do mês?? sou mais minha bicicleta ou tênis lascado, pelo menos com eles eu vejo o mundo de verdade, mesmo que as pegadas deles só me levem adiante um pouco do meu quintal... post interessante Alline, beijao!

Hank disse...

Carro em São Paulo não paga IPVA, paga IPTU.
Cheers