segunda-feira, 26 de outubro de 2009

CINEMA DE OLHOS RASGADOS

Eu gosto de filme assim, maluco. E maluquice não falta ao coreano Daytime drinking. No início, Hyuk-jin está num bar qualquer de Seul enchendo a cara para esquecer que levou um pé na bunda da namorada. Vendo o estado do cara, um dos amigos dá a ideia de viajarem todos para Joengseon, no interior. Hyuk-jin vai, mas os outros... Daí começa a aventura do moço, que por querer ser educado (faz parte da etiqueta coreana nunca recusar uma bebida) acaba passando da conta e se metendo em várias confusões que envolvem pessoas que ele encontra no caminho - a esquisita do hotel e seu partner, a mulher carente e falastrona, e o entregador de batatas cheio de segundas intenções. Oh... o pobre e ingênuo Hyuk-jin acaba bêbado. Mas isso eu nem precisava dizer, né?

주간 음주

3 comentários:

vida cotidiana disse...

Filme sem pé nem cabeça eu gosto só para rir.
Às vezes é bom para distrair.

Janderson disse...

Ótimo filme!
Sai do padrão estadunidense que vem mastigado e regurgitado pra uma fácil digestão.

Alline disse...

Ana:
Até os sem pé nem cabeça têm algum sentido - nos fazer rir. ;)

Mor:
Achado nosso. Outros virão.