terça-feira, 30 de novembro de 2010

DEVAGAR SE VAI

Certa pessoa exagerou na dose diária de transport e levou "inteiramente de grátis" uma dorzinha chata na coluna. A pessoa não deu bola pra dor, mesmo sabendo que já tem um desgaste aqui, outro ali. Não, ela não para quieta. Quer ser desafiada, ir ao limite, e fazer mais e mais. E isso só podia resultar em mais dor pra ela. Pra mim, né? De tanto insistir tive o castigo merecido.

Hoje estava no shopping experimentando sapatilhas e de repente senti uma fisgada fenomenal na lombar. Ops! Saí da loja com passinhos de gueixa, meio curvada pra frente e torcendo pra achar um táxi no ponto. Não tinha! A vinte minutos de casa, ou eu ia ou sentava num banco pra esperar até sei lá quando. Mas passava das duas, eu tinha saído do trabalho e faria qualquer sacrifício por um prato de comida. Sabe o quê? Eu fui. Ferrada de dor, mas fui. Para um pouquinho, descansa um pouquinho, fingindo não ter pressa, sonhando com um Dorflex e uma cama. E aquele prato de comida antes, lógico. Os vinte minutos viraram trinta, e mais de uma vez disfarcei que olhava a hora enquanto tentava endireitar a postura e seguir. Em vão. A dor não saiu de mim, me seguiu até em casa. Até eu sentar. Até tomar o relaxante muscular e aprender a lição. Uma próxima não vai ter, não.

6 comentários:

Luis Felipe Pinheiro @gimnosperm disse...

Às vezes passo por aqui.
Leio uma coisa ou outra.
Me desconforto.
Por isso gosto.
Indicação da Dai.

Aí resolvi seguir.

Espero que eu te "incomode" de alguma forma com meus textos também.

Fique à vontade para visitar quando quiser.

Abraços!

Marco Henrique Strauss disse...

Olha, duvido que não tenha. hahahaha
Quando vê tu esquece da dor e do trabalho e passa pela mesma coisa de novo. hasuahsuashauahs é sempre assim. Melhor pra ti.

Luna Sanchez disse...

Dou um sermão para que te cuide melhor e em seguida um abraço para curar, tá? =)

Te sente melhor agora? A dor não voltou mais?

Beijo, gatona!

ℓυηα

Menina Misteriosa disse...

Eu vou pular o sermão e vou correndo te dar um abraço com aquele olhar cúmplice de quem é exatamente como você... vai além do limite...

Espero que esteja melhor... E que ouça direitinho o sermão da Luna... risos...

Beijo

(bom estar de volta, aqui, te lendo...)

MeninaMisteriosa

Alline disse...

Luis Felipe:
Fique à vontade você também.
Vamos cutucar um ao outro sem medo.

Abraço

-----

Marco:
Por enquanto tô lembrando... OK, sei que com os afazeres todos vou acabar me desviando. Uma hora dessas. rsrs

Valeu.

-----

Luna:
Eu mereço sermão, chicotada... rsrs
Ainda tô com dor, mas menos. Hoje fiz uma série de alongamentos especiais pra lombar.
Vou ficar melhor, prometo.

Tu és uma querida, sempre.
Beeeeeijo + abraço de volta

-----

Menina:
Entonces somos as exageradas, hã? Hoje eu já tava na academia de novo, mas fui de leve.
Até na hora do sermão a Luna é carinhosa, ainda bem.

Fico com o abraço e te deixo um beijo, viu?
Bom te ver por aqui de novo! =)

Luna Sanchez disse...

Boa garota! =)

Beijo, beijo.

ℓυηα