segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Conte sempre com o meu pé

Vou mudar de ideia, agora eu sou uma moça que tem o pé quentinho - e sem chulé, tá? Assim ó: na sexta, quando saía do trabalho, vi os meninos do time do qual sou torcedora saindo do ônibus em direção ao hotel. De tão surpresa não sabia o que dizer, não conseguia reconhecer nenhum deles, que fiasco! Mas fui em frente, cheguei no primeiro que apareceu, juntei as mãos em sinal de prece (que doida!) e desejei que tudo desse certo, que o jogo fosse bom, que eles ganhassem, etc. Ele ficou meio sem saber o que dizer, eu entendo. O cara lá, concentrado pro jogo, e eu agitando ao redor dele. Vê se pode! Tem problema, não. O que interessa é que fizeram três gols nesse domingo e saíram da zona de rebaixamento. Uhu! Tenho ou não o pé de coelho? Digo, o pé quente?

5 comentários:

Ana B. disse...

o triste é que seu Avaí jogou contra o meu Atlético

=(

mas tb to torcendo só acompanhando a tabela, nem vejo os jogos, nem nada!

Luna Sanchez disse...

\o/

Já imaginei o rapaz, após o jogo, dando entrevista e dizendo assim :

- "Dedico a vitória à moça linda que nos desejou sorte na saída do ônibus..."

Beijos, querideza!

ℓυηα

Janderson disse...

É isso aí!
Pé quente. Eu que sei. :)
Teu
J

Michele P. disse...

kkkkkkkk

Você é uma figura Alline!
E como são estes "meninos"?
Coloca uma foto deles aí... Não entendo nada de futebol, mas de beleza masculina... rs

Alline disse...

Ana:
Ops, eu nem sabia. Mas futebol a gente não discute, né?

-----

Luna:
Ah, seria engraçado se ele fizesse isso.

Depois é que me dei conta do meu papel de maluca, nem lembrava que o nome do moço era Patric... rsrs... tudo bem, já foi.

Beijins!

-----

Jand:
Pé quente, mão quente, cabeça quente... uma mulher pegando fogo all the time! hehehe
Tu que sabes. ;)

Beeeeeeeeijo, Mor!

-----

Michele:
Esses meus rompantes me fazem rir - depois da coisa feita, claro. Na hora fico nervosa que só eu.

Humm, acho que eles são normais, vai...

Beijooo!