quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

da seção
UMA COISA É UMA COISA, OUTRA COISA É OUTRA COISA

Se a pessoa tem mau hálito, tudo bem, eu aguento na boa. Faço apneia, posso deixar de respirar por alguns segundos sem reclamar. Ou me afasto um pouco, viro de lado. Agora não consigo me controlar se vejo uma melecona querendo sair do nariz alheio. É mais forte que eu, entende?

Com discrição, aviso:
- Tem um objeto estranho no lado esquerdo [ou direito] do nariz.

O mundo não fica muito mais bonito quando o nariz vizinho está livre e desimpedido?

4 comentários:

Dai disse...

É constrangedor, eu sei. Para ambas as partes, mas eu sempre penso que as coisas ficariam muito mais simples se a gente avisasse as pessoas sobre tudo...rs

Mas eu não aviso, não.


beijo!

Janderson disse...

AAArrrrrghhh!!!
Isso é chato, muito chato... muito.

Luna Sanchez disse...

Que fica, fica, mas eu não tenho coragem, morro de vergonha, não há Cristo que me faça avisar.

Não digo, não digo, não digo!!!

:p

Beijos³, Li!

ℓυηα

Michele P. disse...

Ai Alline! Que situação! Eu sou muito nojenta. Se vejo um negócio deste, meu estômago embrulha.
Higiene e cuidado com o corpo é fundamental, né?