segunda-feira, 9 de agosto de 2010

superansiosa, eu?

Estava eu de pé no ônibus, vindo pra casa. Cheia de fome, de frio, de vontade de sossegar. Exatamente num ponto antes do meu, o ônibus parou. Ué, que foi isso? Todo mundo ficou esticando o pescoço pra ver o que era, inclusive eu, a curiosa-mor. Opa, tem acidente mais à frente. E ficamos trancados entre carros que haviam invadido a faixa dos coletivos. E falou em inércia já começo a ter coceira no corpo todo. Ai que vontade de sair correndo! Pedi pro cobrador avisar pro caro motorista abrir a porta, pelamorde. Que eu tô sufocando, moço - pensei, mas não ousei. Foram dois longos minutos até eu ganhar liberdade na Beira-Mar. Corri pro outro lado da pista e fui andando o mais rápido que pude. Andando e fungando e olhando pro lado, pra ver se o ônibus passava. Eu ainda estava longe de casa quando ele passou. Não vi se alguém apontou pro meu nariz e riu, de que adiantava me punir? Melhor pensar que a caminhada até em casa iria ajudar a queimar o bolo de chocolate que estava por vir.

7 comentários:

Minha Vida disse...

Também odeio ficar presa em engarrafamentos, principalmente quando estou com pressa.

bj

Ana B. disse...

"até eu ganhar a liberdade da beira mar"

aiai, me deu saudades de passear de onbus pela beira mar... kkkkk

Alline disse...

Ana:
Eu fico atacada se não posso ir odne quero. De fato nunca fiquei presa num congestionamento. Se ficasse ia surtar, com certeza.

Beijos

----------

Ana B.:
E olha que é tranquilo vir pra casa depois das seis, mas ontem, pela primeira vez, deu aquilo.
Acho que a TPM tá querendo aparecer por aqui. =O

Allyne Araújo disse...

rsrsrsrsrs eita Li!!!!!! bolo de chocolate?! srsrs bem, hj, como é aniversario do meu pai, almocei churrasco e de sobremesa empada de frango... ai te pergunto.. vc aceita??? srsrssr beijoooooo

Carmem Tristão disse...

ixi! mas já fiz muito disso! prefiro andar a ficar esperando! esperar! tem desperdício maior???? mas como os dias tem se tornado violentos, se preciso esperar marido me buscar no serviço à noite, sempre tenho um bom livro na bolsa. aí é fácil esperar!

Alline disse...

Nine:
Oxa, só coisa gostosa, né? Adoro carne, adoro empada, ainda mais se for daquelas que grudam na boca. hehehe

Beeeeeeeeijus

-----------

Carmem:
O tal do bicho carpinteiro me mandou andar, e lá fui eu. Isso, isso, dependendo do lugar, melhor não ir só. Acho que por onde eu vim ainda dá pé, ainda bem.

Menina Misteriosa disse...

Só de se sentir livre, já vale! Já ficamos 'presas' de tantas maneiras que dá pra entender a ansiedade!

Beijo

MeninaMisteriosa