terça-feira, 12 de outubro de 2010

relax, don't do it

Libertador é você deixar de fazer aquilo que você acha que está fazendo por vontade, mas é só obrigação misturada com hábito, tudo no piloto automático.

6 comentários:

Maria Rita disse...

FATO!!!

É sempre muito bom voltar aqui.

Beijos pra Ti

Eraldo Paulino disse...

Como costumam rimar alguns poetas revolucionários, só com a alva desobediência se alcança a verdadeira liberdade!

Bjs, querida!

Alline disse...

Maria Rita:
Opa, e é muito bom saber que achas isso deste espaço. =DDDD
Valeu, Rita!

Outros beijos pra ti

----------

Eraldo:
Eu ando na luta pra ser mais rebelde, porque o hábito me mata.

Beeeeeeeeeijooooooo!

A Mina do cara! disse...

concordo com você.

Luna Sanchez disse...

Ouvi o grito daqui...delícia! =)

Beijocas!

ℓυηα

Frau Forster disse...

Eu acho que o piloto-automático é uma faca de cois gumes: se por um lado pode roubar a nossa autonomia, sem que a gente perceba, por outro, é ele quem nos ajuda a segurar as pontas muitas vezes.

Um beijo, Frau Forster