quinta-feira, 10 de junho de 2010

revelações

A noite
cala o sono
A noite vara
o sonho
do poeta

injusta
não dura
e jura
o retorno
inquieto
à luz da manhã.

11 comentários:

Ana B. disse...

que linduxo...

pois é, estou aqui!
terra bonita, a sua!

smacks

Luna Sanchez disse...

A noite me tem...e eu nem faço poesia.

Rs

Beijoconas!

ℓυηα

Allyne Araújo disse...

a noite quando da para "render" de mais, é melhor do que o dia, em termos de inspiraçao... srsrs beijoooo Li!!! bom final de semana pra ti tb!!!!!! bye!

Lady Cereja disse...

Lindos seus textos... tava com saudades daqui.
Beijos querida!

duda disse...

e eu, na minha insônia patológica, vejo ela chegando e ela partindo...

Jana disse...

Se os poetas com 1 noite de sono já fazem maravilhas, o que dirá se eles dormissem mais.....????!!!!!!
BEijos

Alline disse...

Ana:
Tás de férias?
Se precisares de alguma coisa me manda um e-mail, tá?
alline.gs@gmail.com
Tô aqui...

Beijo!

-------

Luna:
A noite me desperta, me acorda. Pode? rs

Beijão!

-------

Nine:
Pra escrever, a noite, só ela. O dia fica pro movimento, pras coisas de sair, andar, agitar.

Beeeeeijo

-------

Lady:
Apareça. ;)

Beijos

-------

Duda:
Eu simplismente desperto quando escurece. Quando começo a ter sono, não tenho vontade de dormir...

-------

Jana:
Sempre os imagino boêmios, insones. Será?

Beeeeeijo

(6) capreta disse...

Gostei do template novo!
Volto mais tarde pra ler post antigo!
;*

Allyne Araújo disse...

ei Li, aqui ficou lindo demais!!!! viu?!! srsrs beijaoooo!!!!!!!!

Eraldo Paulino disse...

A noite vara mesmo...

E nem precisa ser poeta viu?

Bjs!

Alline disse...

Capreta:
Até que enfim o Blogger liberou umas coisinhas pros amadores como eu brincarem um pouco. hehehe
Beijo!

Nine:
Quero mudar de vez emquando, como é bom! Tô me sentindo mais arejada. Ufa! =DDDD
Beijoca!

Eraldo:
A noite vara, a noite fascina, encanta, move, transforma, reverbera.
A noite é.

Beeeeijo!!!!