terça-feira, 29 de setembro de 2009

Já que eu estava dando sopa em casa mesmo...


Moça com Brinco de Pérola (Girl with a Pearl Earring) - eu tinha vontade de ver esse, mas também pensava em atualizar as leituras, e sentei com Delta de Vênus no colo, afinal o Telecine é bonzinho e sempre repete os filmes que a gente quer ver - e os que a gente não quer também. Vinte páginas depois, liguei a TV. Colin Firth de pintor cabeludo e Scarlet Johansson de empregada. Acho que já tinha uma hora de filme e eu não ia entender muita coisa, mas investi. Só não consegui tirar da cabeça o personagem que Firth fez em Bridget Jones, e daí que todo aquele aplique ficou estranho. Ai, ai, ai. Nem o figurino impecável e a fotografia idem me salvaram de ficar comparando. E meus olhos não saíam das sobrancelhas de Griet, personagem da dona Scarlet. Estavam descoloridas? Essas distrações tolas não me permitiram aproveitar o filme, que outro dia poderei ver com calma. Quem sabe?

Babysitters de Luxo (The Babysitters) - confesso, admito: vi, e vi inteiro, por causa do John Leguizamo. Ele não estava de drag queen nem fazendo papel de latino, era um homem comum! A história girava em torno de uma mocinha que trabalha de babá para ganhar uma grana extra. Um belo dia, o patrão vai levá-la em casa e... todo mundo acha que sabe o que vai acontecer. Que roteiro previsível! A guria transa com o patrão, sim, e ele cai na besteira de pagar pelo momento de prazer com a adolescente. A novidade é que ela entende o recado e resolve virar uma babá com um plus a mais: sexo depois do expediente com as crianças? Só pagando bem. E não para aí. A esperta também passa a agenciar as colegas de escola, levando seus vinte por cento, of course. Será que uma meninota de 15 ou 16 anos teria uma mente perigosa dessas? Aquela tinha, e se deu bem. E se deu mal.

Um comentário:

vida cotidiana disse...

Não vi nenhum desses, boas dicas. Esse fim de semana que passou também vi alguns filmes que adorei.bjs