quinta-feira, 28 de julho de 2011

PARA UM DIA DE SOL
Mesmo que que eu diga que não
vire pro lado,
e me recuse,
o dia vem me puxar pela mão
para outra dança.

Vem!

Eu vou.

Faço manha, ensaio passos
tortos, sou toda drama.

Mas ele mostra que pode
se derramar em sol e céu
sobre mim
e me arrancar um sorriso mais uma vez.

Nele eu estou e ficarei.

11 comentários:

Michele P. disse...

Que o dia seja cheio de luz, como esta imagem!

Um abraço, Alline!

Mirella de Oliveira disse...

Não importa como você se sinta... O sol nascerá todos os dias... Seu coração continuará batendo e seus pulmões respirando! O dia se "derrama em sol e céu", não tem jeito! Não há escolha... Ou somos felizes ou... não! :S

Coisa mais linda esse teu texto!
Beijos, Alline! :)

A Mina do cara! disse...

"Cê vai, ocê fique, você nunca volte." (G. Rosa)

Eraldo Paulino disse...

Há vezes que simplesmente não dá pra dizer não.

Bjs!

Luna Sanchez disse...

Essa queda de braço a gente ganha quando perde.

Beijocas!

A Dorothy

Mirella de Oliveira disse...

É, ele se "derrama em sol é céu" todos os dias... Não tem jeito!

Coisa mais linda esse texto!
Beijos

Andressa disse...

:)

El Brujo - Rock disse...

Derrama o sol, calor e luz em vc te levando pra dança em Sambaqui!
Ótimo fim de semana.

Eder Asa disse...

No palco da vida, espetacular é quem é todo drama!
Adorei Aline!

Obrigado pelo carinho... Beijo!

Ana B. disse...

Tanta coisa nova e bonita aqui, fazendo bem pro meu domingo! =)

Obrigada, dona Alline, obrigada! xD

Allyne Araújo disse...

só de chame.. eita Li! aqui ta com umas prais de morrer, que só perdem para as do Araguaia.. ai ai.. bjooo e se cuida!!