sábado, 27 de agosto de 2011

miragem

é teu corpo
meu amuleto
cigano
fetiche
que amansa
toda certeza
e torna
possível
o absurdo. 


7 comentários:

Eder Asa disse...

É o que chamo de composição!

Michele P. disse...

Oi Alline! Como você está? Adoro teu poemas, mas estou sentindo falta dos seus textos em prosa... :)

Ah! E estou aguardando as tuas fotos para o concurso!

Um bom final de semana!

Beijos

Luna Sanchez disse...

A ordem do momento é a inversão. Deve ser alguma praga que anda atacando por aqui também, gatona.

#Oremos

Mondibejo.

El Brujo - Rock disse...

gosto da forma como as letras se juntam alli!

Alline disse...

Eder:
Uma miragem e tanto, composta num súbito de paixão.

======================

Michele:
Ah, sabe que eu também tô com saudades? Quero e vou voltar. ;)
Amanhã vejo o que tenho aqui e te mando, ok?
Beijos

======================

Luna:
Tô pequeninha... oremos.

Beijarada pra tu

======================

Rock:
Que bom que gosta. =)

Eraldo Paulino disse...

essa estátua tem uma bunda bacana, né? rsrs

Bjs!

Alline disse...

Ah, se toda bunda fosse assim, né, Eraldo? rsrs

Beijão!