segunda-feira, 25 de abril de 2011

A VOZ DA EXPERIÊNCIA


Contrariando os apelos da esposa, o homem entra na fila da Big Tower. O que é uma torre de 100 metros de queda livre para um cabra de 54 anos  com coração forte? Ele senta ao lado da gurizada e espera o equipamento levar todo o mundo para o alto - e avante!
Lá em cima, o rapazote ao lado, que deve ter uns 15, 16 anos, choraminga:


- Moço, eu quero descer!

O homem não se desespera, contemplando feliz o horizonte:


- Calma que já vai descer, meu filho.


Gritaria geral.  Em poucos segundos todos estão  sãos e salvos no chão. 

Não é que o homem sabia das coisas?

17 comentários:

A Mina do cara! disse...

que vontade de ir viu!!!

Alline disse...

Eu tenho medo de altura e fui. Isso há uns três ou quatro anos. Quando cheguei lá em cima comecei a chorar olhando os macacos bem pequenininhos no zoológico. E quando o negócio desceu, foi aquele grito de pavor sem fim, achando que ia morrer antes de chegar em terra firme. Experimentei, pronto. Nunca mais. rsrs

Natalia Fênix Gótica disse...

Tenho que confessar que altura me dá tremedeira, mais enfrento...rss

Michele P. disse...

Ai, adoro altura! :)

Delícia, delícia!


PS: Alline, bloqueei meu blog temporariamente, por motivos pessoais. Mas continuarei a visitar os amigos e assim que me sinta melhor, volto a escrever.

Um abração!

Alline disse...

Natália, foi a única vez que me atrevi - uma espécie de terapia de choque... rsrs... mas não deu certo, porque continuo cagona pra essas coisas... é a vida. ;)

-------------------

Ô Michele, acabei de te mandar e-mail... pois é, eu vi, e repito o que eu disse: se precisar de qualquer coisa que for tô aqui.

Outro abração =)

♥cinderela♥ disse...

Tbm querooooooooo :)
gostei daqui to seguindo !
Bjs meus

Ivan disse...

Alline,

Obrigado por seu comentário no amordepapelão.

Poxa, vi que você é revisora! Que legal!

Bjo.

Ivan

Eraldo Paulino disse...

hahahaaaha

É como aquela brincadeira: "o que não deveria ser dito numa hora dessas".

Bjs!

Eder Asa disse...

Um vidente, hein? Certeza que ele desceu e montou um tenda!

Dai disse...

Eu fui mas é tanta angustia que não vale muito a pena...rs

beijo

Alline disse...

Cinderela:
Tem certeza? Veeeeenha... é no Beto Carrero, em Penha, SC. ;)
Também gostei de lá, viu?
Beeeijo pra ti =)

----------------------------------

Ivan:
Ideia fantástica a tua!
Não me diga que também és...
Beeeeeeijo

----------------------------------

Eraldo:
Pediu, levou. E desceu. rsrsrs

Beijos!

----------------------------------

Eder:
É aquele homem de visão, que antecipa o futuro, sabe? rs

----------------------------------

Dai:
É mesmo. Não sei como tem gente que vicia nessa adrenalina. Eu passei muito mal, não quero repetir.
Beeeeeeeeijo

Menina Misteriosa disse...

Li, fui num parecido no Hopi Hari. Confesso que, quando o moço estava fechando a alavanca e me prendendo, deu vontade de gritar e sair correndo... mas fiquei... e amei!!!! =)

Já foi no "Insano" do Beach Park?

Saudade de você, moça!
Um beijo

MeninaMisteriosa

Alline disse...

Menina, menina, nunca fui no Hopi Hari. Deveria ir?
Meu drama maior foi chegar lá no alto e esperar pela hora da descida. São minutos sem fim, mas hoje rio do meu medo.

Insano? Corri no You Tube... ai, é com água, dá mais medo ainda... rsrs

Saudades de ti também!!!

Beijos, vários =)

Ivan disse...

Fia, nao sou revisor. Sou daquele grupo em q todos os membros têm uma caveira de burro enterrada sob a casa - sou tradutor. Rssss

Alline disse...

Ohhh... entendo.
rsrs
Mas todo tradutor tem um pouco de revisor e vice-versa, não?

Ivan disse...

Quando os prazos são justos, e raramente o são, eu consigo revisar. Quando não, eu entrego ao Espírito Santo... rsss...

Acho que funciona, pelo menos não recebi reclamações em quase 15 anos.. .rsss

:P

Alline disse...

O Espírito Santo nunca deixa na mão tradutores e revisores de boa fé. Amém!

=)