quinta-feira, 19 de fevereiro de 2009

só eu consigo

Hoje fui chupar um picolé de maracujá antes de ir trabalhar e sujei a camiseta nova - e branca - e a calça. Então posso dizer que passei a tarde meio sujinha. Terminado o batente, encontrei um ex-colega de freela na rua, dei-lhe um abraço apertado. A primeira coisa que ele fez foi passar a mão no maxilar e avisar que tinha acabado de sair do dentista. Ops! Em seguida entrei na farmácia, comprei o que queria e fui pro caixa. Total: R$ 15,60. Entreguei pro atendente duas notas de 20 reais achando que eram de 10. Ainda bem que ele foi honesto e devolveu... E pra terminar, chegando em casa fui tomar um Toddy e acabei de lambuzar a camiseta, que já foi pro cesto de roupa suja.

Ainda bem que eu me divirto...

4 comentários:

L. M. de Souza disse...

eu q derrubo coisas na camisa e vou ver horas depois.

Mônica disse...

ehe, me fez lembrar tb daquelas situações onde a gente encontra um amigo que te dá um abraço com as axilas beeeem suadas, num da suuuper quente e sua roupa acaba impregnada, ô saia justa, kkk...já aconteceu comigo...Bjs

Vladimir disse...

Picolé de maracujá, baba de amigo, toddy... Alline, você estava num comercial de Omo e não sabia!
Bjs,
Vladimir
http://cantodovladimir.zip.net

Alline disse...

L.:
Aconteceu comigo sábado passado - sujei a camiseta no almoço no restaurnate chinês e só fui ver bem depois.

Mônica:
Melhor quando um amigo dá um abraço com um perfume bem cheirosão e fica na tua roupa, não? Em mim já deixaram cheiro de cigarro...
Beeeeeijo

Vlamidir:
Ou seria de Vanish?
Beeeijo