sexta-feira, 17 de abril de 2009

man on wire - o equilibrista

Se naquele dia eu não passasse pelo Omelete não saberia desse filme. Quando li que se tratava de um documentário, torci o nariz pensando no estilo do Discovery Channel - narrador de voz impostada e neutra e imagens variadas. Humm... será? Que bom que superei o preconceito inicial e tive momentos de alegria, surpresa e aflição com o fantástico O equilibrista.
O próprio carinha, hoje um senhor de cabelos brancos, conta a aventura em Nova York e o melhor é que conseguiu convencer e divertir a espectadora aqui em todos os momentos. Às vezes cheguei a confundir as bolas e pensei que estava vendo um filme de ficção, tamanha as loucuras do senhor Petit para colocar em prática o plano de atravessar as torres do World Trade Center. O final eu não preciso contar, é até meio óbvio. Mas o caminho que esse homem percorreu para chegar nele vale a pena ser conferido.

4 comentários:

L. M. de Souza disse...

ganhou oscar esse ano de melhor documentário. foi pra lista de espera. vi spirit final de semana passado, gostei de sin city, mas spirit é um chute, nem as belas mulheres salvam um filme tao chato, com um protagonista tao sem graça. o samuel jackson tá honesto, pelo menos.

Ricardo Rayol disse...

sabe que eu acho que vi isso?

Alline disse...

L.:
Tomara que gostes. Também não ouvi falar bem de Spirit. Pô, o que é que deu no Frank Miller??? Numa dessas eu nem vou perder tempo de ver...

Ricardo:
Então não achaste grande coisa, né?

Vladimir disse...

Puxa, eu estava na dúvida, mas agora vou ver, Alline!

Bjs, Vladimir
http://cantodovladimir.zip.net